29 janeiro 2015

Não Ficção | Cultura e Kurt Cobain

Quinta feira = Cinco Páginas :) O tema desta semana é a não ficção e eu venho falar-vos de dois livros que adorei mas que, infelizmente, ainda não os terminei. Cultura e Kurt Cobain... curiosos? Ah pois é... agora têm que ver o vídeo :p



Gostavam de ler algum destes dois livros? Que livro de não ficção me aconselham?

28 janeiro 2015

LIFE | Kit do Leitor

No outro dia dei por mim a pensar nas coisinhas essenciais à minha actividade enquanto leitora voraz :) E há, de facto, um conjunto de coisas que não me podem faltar, especialmente na temporada Outono-Inverno!







Quais são os vossos imprescindíveis quando se dedicam à leitura? :)

26 janeiro 2015

REVIEW | Hopeless, de Colleen Hoover

Esta foi uma das minhas leituras de Janeiro. Estava com imensa vontade de lhe pegar por tudo o que já tinha ouvido e lido sobre ele e porque tinha sido um presente especial da Cata, no amigo secreto do Cinco Páginas, neste Natal.


Colleen Hoover era uma das autoras que queria conhecer neste novo ano. Bastante citada nas redes sociais, toda a gente fala maravilhas dos seus livros. Este livro acabou por não me desiludir... adorei a escrita da autora, simples mas capaz de nos fazer imaginar, com uma construção interessante da própria narrativa e personagens modeladas e bem construídas que nos ajudam a "acreditar" no que lemos.

Esta é uma daquelas leituras para a qual se deve partir a saber pouco. Pelo menos, na minha opinião. Metade daquilo que já sabia sobre o livro já se tinha ido da minha mente, quando iniciei a leitura. E isso foi um ponto a favor [cada vez mais me apercebo que, quanto menos sei acerca de um determinado livro, mais agradável se torna a leitura].


Neste livro conhecemos a Sky, uma adolescente de 17 anos, que vive ao lado da sua melhor amiga, a Six. A nossa personagem principal vive com a mãe que é contra qualquer tipo de tecnologia (uau, como é possível viver sem telemóvel, internet e televisão!!) e sempre estudou em casa. Neste novo ano escolar, ela vai pela primeira vez à escola e as peripécias vão ser mais que muitas. Num dos dias, quando vai às compras, conhece um rapaz estranho q.b., Dean Holder, caracterizado pelas suas mudanças de humor repentinas, bastante misterioso, por vezes querido, outras intrigante e outras ainda um tanto ou quanto brusco. 

Engane-se, porém quem pensar que esta é mais uma história de amor a que tanto nos habituaram. É mais que isso. É a história de um adolescente e do seu passado, de dilemas familiares e de respostas a tantas perguntas para que se possa compreender questões tão difíceis com que a vida, às vezes, nos brinda.

Não vos quero contar mais. 



O livro é dividido em capítulos que abrem com a data e hora e que se misturam com relatos do passado, que surgem destacados graficamente dos restantes. À medida que a história avança, a nossa personagem vai recordando acontecimentos que estavam "apagados" ou "esquecidos" na sua memória.


Foi um livro de quatro estrelas, pela fluidez e leveza da escrita, sem deixar de carregar nas palavras a dureza do tema e que , por isso, me envolveu. Houve determinadas partes do romance que não compreendi muito bem, determinadas atitudes menos verosímeis, talvez. Mas gostei da parte em que os acontecimentos descritos serviram todos para nos ajudar a compreender o comportamento de Dean. No fundo, acho uma história bem construída, para um new adult.


Um pormenor que gostei muito foi a palavra que dá nome ao livro "Hopeless". Adorei a história que a envolve [mais não digo!].


É um livro que recomendo, não é uma obra prima mas é uma leitura deliciosa e uma história bonita, ainda que com passagens tristes. Uma história simples, mas comum a tantas outras.




Título Original: Hopeless
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Paperback
Data: 2013
Páginas: 408
Onde comprei: presente de Natal
ISBN: 9781476743554
Goodreads: aqui




21 janeiro 2015

TOP 5 WED | 5 authors I would like to meet

Hoje deixo-vos mais um top 5... cinco autores que eu gostaria de conhecer ;)

Coincidimos em algum? hehe


Ando desaparecida... mas ando a ler muuuuiiito :) Tenho saudades vossas!


15 janeiro 2015

TOP 5 WED | Top 5 series I want to start

Bem que eu ontem queria gravar o vídeo, editar, tirar as fotos e fazer o post aqui no blogue. Mas não consegui :(


Curiosos para saber qual o meu top de 5 séries que pretendo começar a ler neste novo ano? Vou só postar as fotos... evitar dizer sempre que estou super curiosa com esta série ou aquela, que quero começar o mais rápido possível e que espero não me desiludir :) assim evito repetir-me em todas as series que vou mencionar.






Se tiverem curiosidade para ver o vídeo, é só clicar aqui em baixo e assistir! Espero que gostem!




E vocês, que séries querem começar a ler? Coincidimos em alguma?

13 janeiro 2015

REVIEW | Looking for Alaska

Review pequenina de um livro que me despertava imensa curiosidade para ler mas que... acabou por me desiludir :(


Quando parti para a leitura deste livro, sabia apenas uma coisa: ou se adora, ou se detesta! As reviews que já tinha visto assim o determinavam. Mesmo assim, penso que há mais pessoas a amarem do que pessoas a detestarem. Volto a relembrar que esta é a minha opinião... espero que compreendam isso, assim como eu compreendo que tu, ou outro qualquer leitor, possam achar que este é um livro 5 estrelas. Aceito e respeito, por isso, espero que aceitem e respeitem a minha opinião.

~~~~~
«Na escuridão atrás de mim, ela cheirava a suor, luz do sol e baunilha, e, nessa noite de pouco luar, eu pouco mais podia ver além da sua silhueta, mas, mesmo no escuro, consegui ver-lhe os olhos - esmeraldas intensas. E não era só linda, era também uma brasa.» Alaska Young. Lindíssima, esperta, divertida, sensual, transtornada... e completamente fascinante. Miles Halter não podia estar mais apaixonado por ela. Mas, quando a tragédia lhe bate à porta, Miles descobre o valor e a dor de viver e amar de modo incondicional. Nunca mais nada será o mesmo.
~~~~~


Este é um livro "young adult" (YA) que nos conta a história de Miles, um adolescente que decora últimas palavras das pessoas. Uau! Que coisa mais estranha! Acabei por descobrir que também o John Green tem essa mania. Curioso! Miles decide ir em busca de um grande talvez, e vai para um colégio interno. Aí vai conhecer um grupo de amigos que o acompanham nas mais diversas peripécias e aventuras de adolescentes. Ao longo do livro, nota-se um crescimento desta personagem, ainda que não muito grande, mas isso, acabou por me agradar.


Alaska pertence a esse grupo. É uma rapariga rebelde, que me pareceu mais segura do que os restantes ~ ou mais frontal, talvez seja mais adequado ~ e, talvez, um pouco mais madura também. Tem uma grande paixão pelos livros e uma grande estante, no seu quarto, com volumes que foi juntando ao longo do tempo. O certo é que esta personagem ~ e já devem ter reparado pelo título do livro ~ é parte central da nossa história. Apesar de não ser ela a narradora, é praticamente, à volta dela, que tudo gira, do seu carácter forte e explosivo, assim como de todas as questões que levanta.


É um livro que, ainda que muito superficialmente, dialoga sobre as experiências dos adolescentes (primeira experiência sexual, primeiro cigarro, bebedeiras, planos congeminados contra os "inimigos", ...), sobre a religião, a vida e a morte, a angústia por obter respostas para determinados enigmas que são lançados ao ar e que precisam de ser respondidos. A amizade, o companheirismo e o amor também são temas representados nestas páginas.


O livro é dividido em ~ capítulos ~ que contam os dias "antes" e "depois" de um determinado acontecimento. Cria alguma expectativa no leitor mas, ao fim de algum tempo, se prestarem atenção, irão descobrir o que vai acontecer. 

É um livro com ~ ritmo de leitura ~ mais rápido e linguagem simples. Tem a vantagem de serem descritos apenas episódios importantes para a narrativa. Há dias que se saltam e outros em que se resumem apenas a algumas frases. Valorizo isso.

Há realmente algo que amo neste livro: a capa! Acho linda... simples, mas totalmente pensada se tivermos em conta a história. Adoro!


Já que é um livro que tanta ênfase dá às últimas palavras, decidi também fotografar as últimas palavras do mesmo :) Acho que não é spoiler... no entanto, se acharem por bem, não olhem para a fotografia que se segue.


O que ~ falhou ~ , então, nesta obra? Para vos ser sincera, nem eu sei. 
Sabem quando terminam um livro e ficam assim no vazio a pensar "era isto?". Foi assim que me senti. Não é que não tenha gostado da história, porque até gostei ~ apesar de todo aquele drama juvenil, mas eu sei que estamos a falar de um YA e que temos que ter isso em conta, eu sei ~. Acho que a história não me agarrou. Em certas partes, focou mais as crises e as experiências dos adolescentes e centrou-se menos no desenvolvimento das personagens e da saída do labirinto. O que eu quero dizer é que foram páginas que não me arrebataram como leitora e pessoa, que não me fizeram sair do meu lugar e reflectir sobre determinadas questões levantadas. 

"But why Alaska? - I asked her.
She smiled with the right side of her mouth. 
"Well, later I found out what it means. 
It's from an Aleut word, Aleyska. 
It means "That which the sea breaks against"
and I love that". (pág. 67)

E agora, recomendo este livro? Depois de muito pensar em relação à resposta, acabei por concluir que sim. Simplesmente porque é um livro um tanto ou quanto controverso, no sentido em que, tal como vos tinha referido inicialmente, ou se ama, ou se odeia. Quando assim é, aconselho sempre a leitura :) Quanto mais não seja pelo desafio de sabermos em que extremo nos enquadramos. Talvez vocês consigam encontrar alguma saída no labirinto, hehehe



Título Original: Looking for Alaska
Autor: John Green
Editora: Harper Collins
Data: 2005
Páginas: 263
Onde comprei: awesomebooks

ISBN9780007209255
Goodreadsaqui



Qual é a vossa opinião em relação a este livro? Já fizeram review sobre o mesmo? Se sim, deixem o link para que eu possa ler.


09 janeiro 2015

LIFE | Goals for 2015

E depois do meu post de ontem a falar dos meus presentes de Natal (bem, vocês são mesmo curiosos... hehehe... é um dos posts com mais entradas aqui no blogue!), é claro que, hoje, não poderia faltar o post com os objectivos e metas e desafios para 2015.

Se bem me conhecem ~ e já lá vai um aninho e tal ~, eu não sou grande espiga a cumprir metas por aqui. Sempre que me proponho a fazer algo e partilho convosco, cratapumba, vai tudo por água abaixo. 

Para este ano, decidi concentrar-me em coisas pequeninas que quero tentar mudar ou melhorar. Nada de grandes filmes! No que respeita a leituras, quero começar a apostar mais nos meus gostos e naquilo que realmente gosto e deixar de andar tão preocupada a ler aqueles livros que estão em voga. 



A nível de leituras, como já disse, quero apostar mais naquilo que gosto. Quero arriscar mais na Ficção Científica e Distopias, mas também quero voltar aos clássicos e à nossa literatura portuguesa ~ especialmente a esses novos escritores que por aí andam~. Graphic Novel e Manga serão, certamente, mais frequentes nas minhas escolhas de leitura.


Para 2015, seleccionei alguns autores que quero descobrir neste novo ano ou que quero ler mais sobre a sua obra publicada. 




Se fizer tudo isso a que proponho... terei um ano super ~ hiper ~ mega feliz :)

O único desafio a que proponho é o do Goodreads, tal como já aconteceu no ano anterior. Terminei o ano de 2014 com o desafio cumprido (dos 30 livros a que me propus, terminei o ano com 37 livros). Achei bastante bom, tendo em conta que grande parte deles foram lidos em língua inglesa, na qual ainda não sou muito fluente. 

Para este ano, a meta serão 45 livros. Será que vou cumprir? Pois, voltamos às palavras que iniciaram este post... provavelmente não, mas também não quero nem saber. Quero divertir-me a ler e prefiro ler metade desses livros mas que eles sejam grandes livros para mim, do que ler 45 ou 50 e não terem valido nada. O Goodreads, para mim, funciona como uma ferramenta que me ajuda a organizar nas minhas leituras e nas minhas compras e sugestões. 


E quanto a vocês, definiram alguns desafios para 2015 ou são mais como eu? :)

08 janeiro 2015

LIFE | Xmas Gifts

Antes de mais, mil e uma desculpas pela minha ausência. Nestes últimos tempos, tenho pedido mais vezes desculpas do que sei lá o quê. Mas perdoem-me... foi muita coisa junta: férias, viagem a Portugal, Natal, computador novo com sistema operativo completamente diferente do que estava habituada a utilizar, férias de Ano Novo na neve e, a cereja no topo do bolo, uma valente gripe que me atirou para a cama, sem vontade de fazer - absolutamente - nada de nada.


A verdade é que hoje já me sinto melhor e quero começar a todo gás :) A minha agenda diz-me que tenho imensos posts em atraso. Não quero saber... Hoje apetece-me mostrar-vos um pouco mais do que recebi no Natal e algumas das minhas compras realizadas em Portugal. Porque eu acho que mereço oferecer prendas a mim própria, hehehe

Do meu melhor amigo :) recebi um livro que há muito queria ler, uma vez que só conheço O Velho e O Mar, deste autor. Ele disse-me que a história é incrível e, bem, estou super curiosa.


Da minha melhor amiga recebi um bloco que amei e que não podia ser mais a minha cara :) E ela sabe muito bem o quanto adoro blocos de notas! Da minha mãe recebi esta coruja lindíssima, comprada na Tiger (por acaso eu estava com ela!).


Da troca realizada com as meninas do Cinco Páginas, recebi dois livros que adorei. Obrigada Cata! Especialmente o Hopeless que quero tanto, MAS TANTO, ler :) Sem dúvida que me deixaste com um grande sorriso, neste Natal.


Da Joka, do Little House of Books, recebi um livro que me deixou de lágrima no canto do olho :) O Peter Pan, de J.M.Barrie, que eu nunca li mas que também queria muito ler. Esta edição é mais que linda... tenho que fazer um post completo para que vocês consigam perceber esta beleza.


No meu trabalho, a equipa portuguesa resolveu fazer um Secret Santa. Antes de mais, deixem-me explicar-vos que a equipa é composta por mim e mais três rapazes e eu, que sou a única rapariga, sou a única que não gosto de cozinhar. Já sabia que ia sair porcaria daquelas cabecinhas mas, no fim, até foram queridos e, juntando o útil ao agradável, ofereceram-me um livro para aprender a fazer comida saudável :) tão queridos!


Mais um Secret Santa no trabalho, desta vez com a equipa completa. Tive sorte e fiquei super contente com a minha prendinha: cremes super hiper mega cheirosos :) da Marks and Spencer.


O meu mano trouxe-me alguns livros de Londres, alguns deles em segunda mão mas, como vocês já tão bem me conhecem, é coisa que não me perturba. Ele achou que eram poucos e diz que ainda me vai encomendar mais alguns do BookDepository. Granda mano! :)


A Neuza, a Jojo e a Cata enviaram-me coisinhas deliciosas numa caixa que me deixou curiosa até ao último minuto! 

A Cata enviou-me uns marcadores lindíssimos, feitos por ela. Um tem um castelo ~ próprio para quem ama contos de fadas como eu ~ e o outro uma bruxinha ~ que eu também adoro e colecciono!. 


A Neuza enviou-me um livro de Gnomos ~ que coisa mais linda! ~. O livro é uma autêntica obra de arte, cheio de ilustrações. Preciso de fazer um post dedicado só a ele para que possam compreender :) 

Lola and The Boy Next Door foi o livro que a Neuza e a Jojo me resolveram oferecer :) estava na minha lista de prendas de Natal que elas descobriram com a Cata, que era a minha amiga secreta do Cinco Páginas. Elas andas andavam todas feitas umas com as outras :p 


A caixinha surpresa ainda trazia mais coisas boas: cookies de chocolate feitos pela Jojo ~ que coisa deliciosa!~; um marcador Banana is coming, um mix Game of Thrones e Minions ~ não preciso dizer que amei, pois não? ~; um postal lindo que vou guardar sempre e uma carteirinha para andar na mala, com os nossos saquinhos de chá. A carteirinha que tinha visto aqui na net e tinha babado.. fiquei de queixo caído! Vinha com vários chás e um chinês, que é aquele saquinho vermelho ali em baixo, mas que ainda não provei.


Directamente da República Checa vieram estes doces tradicionais que adoro. Ali aquela caixinha também vai dar imenso jeito para guardar os meus post its :)


Bem, depois, como recebi algum dinheiro e aproveitando que estava em Portugal e queria comprar alguns livros novos, fiz algumas compras de mim.. para mim. Sim, porque eu também mereço :p







E por último, alguns livros que fui comprando em Novembro e Dezembro, muitos deles através de um grupo de leilões de livros usados, no Facebook e que acabei por juntar às minhas prendas, de mim para mim :)



E foram estas as minhas prendinhas :) super contente que fiquei, consegui tirar alguns livros da minha wishlist e aumentar o número de habitantes na minha estante que, diga-se de passagem, está a abarrotar!

Como foi o vosso Natal? Muitas prendas? Muitos livros e coisas deliciosas?